Etimologia #61: Hímen

Filho de Baco e Afrodite (ou de Apolo em algumas tradições), Hymen era o deus grego alado responsável pelas cerimônias de casamento e sua figura inspirava diversos cantos e banquetes. Durante as cerimônias cantavam-se hinos em prol do casal- o hymeneu.

No entanto, na Grécia antiga o termo era também designado para se referir a qualquer membrana, desde o pericárdio até o peritônio. Foi Vesalius (1550) quem especificou como hímen a delgada membrana situada no vestíbulo da vagina.

Referência:

Fernandes, Geraldo José Medeiros. Eponímia: glossário de termos epônimos em Anatomia; Etiologia: dicionário etimológico da nomenclatura anatômica. São Paulo. Plêiade, 1999.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s