Etimologia #91: Esterno

Desde a Grécia antiga já se nomeava o osso do peito como stethos, talvez por stereo referir-se a relevo, evidente. No entanto, foi no final do século II que Galeno denominou o osso do “peito masculino” como sternon. Durante o período medieval, passou a ser chamado de sternum.

Referência:

Fernandes, Geraldo José Medeiros. Eponímia: glossário de termos epônimos em Anatomia; Etiologia: dicionário etimológico da nomenclatura anatômica. São Paulo. Plêiade, 1999.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s