Minuto Anatômico #11: Articulação do cotovelo

Bianca Mirelle Ferreira de Souza

O complexo articular do cotovelo pose ser subdividido em três articulações: úmero-radial, situada entre o capítulo do úmero e a cabeça do rádio; úmero-ulnar, encontrada entre a tróclea do úmero e a incisura troclear da ulna; e rádio-ulnar proximal, entre a cabeça do rádio e a incisura radial da ulna.

Pode-se classificar a articulação do cotovelo a partir do grau de movimento, do tipo de tecido e da sua forma.

Com relação à mobilidade, todo o complexo do cotovelo classifica-se como diartrose – articulações bastante móveis. Considerando o tipo de tecido interposto entre os ossos, a articulação é classificada como sinovial.

Todavia, quando classificada como sinovial, a articulação deve ser subdividida em outras duas categorias: a classificação funcional – corresponde à quantidade de eixos em que ela é capaz de realizar movimento; e a classificação morfológica – correspondente às formas das superfícies articulares.

Alguns ligamentos podem ser facilmente visualizados nas aulas práticas de anatomia e devem ser destacados, embora diversas outras estruturas ainda façam parte do complexo do cotovelo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s