Minuto Anatômico #51: Nervos cranianos

Jade L. A. M. Padilha Silva Mércia Lima de Melo

Os nervos cranianos correspondem aos 12 pares de “cordões” que ligam o encéfalo aos órgãos periféricos, e assim são denominados por emergirem ou penetrarem no crânio. ⁣

Vale citar que a denominação de cada nervo craniano tem relação com sua função ou distribuição geral, como o nervo olfatório e o nervo facial. Além disso, você também pode ver que eles são numerados em algarismos romanos (NC I-XII), o que é dado de acordo com a sua localização em sequência craniocaudal. ⁣

Os NC são classificados de acordo com o tipo de fibra que os compõe, já que eles podem ser formados por fibras motoras, sensitivas ou pelas duas ao mesmo tempo, isto é, o nervo misto. Dessa forma, podemos agrupar 3 dos 12 nervos como sensitivos, 4 como mistos e 5 são motores.⁣

Dentre as várias particularidades de cada par dos NC, como o fato do NC V possuir três ramos (nervo oftálmico, maxilar e mandibular), não podemos nos esquecer que 10 dos 12 emergem do tronco encefálico; enquanto os demais têm origem no telencéfalo e diencéfalo (NC I e II). Veja mais informações a seguir.

REFERÊNCIAS⁣

• MACHADO, A. B. M.; HAERTEL, L. M. Neuroanatomia Funcional. 3ª ed. São Paulo: Atheneu, 2006.⁣
• MOORE, K.L; DALLEY, A. F; AGUR, A. M. R. Anatomia Orientada para Clínica. 7ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2017. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s