Onde se localiza e quais regiões são supridas pela artéria mesentérica superior?

Ontem, 6 de setembro de 2018, será lembrado como um dia nefasto para a frágil e titubeante democracia brasileira. O candidato Jair Messias Bolsonaro, líder nas pesquisas presidenciais, sofreu um vil atentado político perpetrado por, ao menos três indivíduos ligados à extrema-esquerda, em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Durante o comício político, o principal autor do atentado – Adélio Bispo de Oliveira – utilizou uma faca e estocou o abdome do candidato, o que causou traumas em seu intestino grosso, delgado e artéria mesentérica. Segundo informações dos principais veículos de informação, Jair Bolsonaro foi prontamente socorrido e levado ao hospital, tendo sofrido cirurgia para controle da hemorragia e antibioticoterapia profilática. Aparentemente seu quadro é estável, mas ainda considerado grave pela equipe médica.

Mas qual seria a artéria lesionada durante a tentativa de homicídio?

Muitos questionamentos foram levantados acerca do local de lesão, assim como o vaso lesionado. Na verdade, temos duas artérias mesentéricas que emergem a partir da parte abdominal da artéria aorta descendente. Pelas imagens, a artéria mesentérica superior (Figuras 1 e 2) é a que teria sido atingida pela arma branca. Esta artéria se encontra inferiormente ao tronco celíaco, por volta do nível da primeira vértebra lombar, e forma diversas ramificações que se destinam aos intestinos delgado e grosso, além do apêndice vermiforme, à medida que esse grande vaso se projeta para a fossa ilíaca direita. Entre seus ramos destacam-se as artérias pancreáticoduodenal inferior, cólica média, cólica direita, ileocólica e diversos ramos intestinais. Estes ramos intestinais podem ser divididos em artérias jejunais e ileais.

mesentérica
Figura 1. Desenho esquemático de ramos a aorta descendente
Imagem1
Figura 2. Artéria mesentérica superior. Retirado de Visible Body.

É importante ressaltar que ainda há a artéria mesentérica inferior (Figura 1), o último ramo visceral da aorta abdominal e que ocorre anteriormente no nível da terceira vértebra lombar. Com sentido caudal e posterior à mesentérica superior, seus ramos correspondem às artérias cólica esquerda, sigmóidea superior e cerca de três artérias sigmóideas, as quais irrigam principalmente o intestino grosso e o reto. Existe uma anastomose entre os ramos provenientes da artéria mesentérica superior e mesentérica inferior denominado arco justacólico, o qual percorre o aspecto interno da maior parte do intestino grosso.

Dr. Bento J Abreu

Editor do site, professor, pesquisador e interessado em assuntos atuais


Em tempo 1: Este espaço condena a virulência e radicalização que o debate político vivencia atualmente, notadamente o clima de censura e perseguição que atinge diversos brasileiros, principalmente aqueles que não seguem a cartilha ditada pela grande mídia e por nossos (sempre eles!) “intelectuais”. Enfim, que Deus dê muita saúde e paz a Jair Bolsonaro.

Atualização: Outras informações citam que a veia mesentérica é a que teria sido atingida no atentado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s