Etimologia #40: Diafragma

O termo diafragma advém do grego para se referir a uma estrutura que se encontra entre ou através (dia) de uma parede ou divisória (phragma).

O marco anatômico para o termo foi quando Platão (424-348 A.C.) o utilizou para se referir acerca da localização da alma humana. Em sua concepção, a alma seria dividida em três partes. A primeira parte, racional e imortal estaria localizada no cérebro e dominaria as demais. A parte impulsiva, associada à coragem e vontade, estaria situada no tórax. Já a terceira parte seria relacionada ao apetite e à paixão por comida e bebida e se encontraria no abdome. Assim, as duas últimas partes da alma estariam separadas pelo diafragma, segundo o filósofo.

Posteriormente, por volta de 180 D.C., Galeno nomeou especificamente o músculo que separa as cavidades torácica e abdominal como diafragma.

Referência:

Fernandes, Geraldo José Medeiros. Eponímia: glossário de termos epônimos em Anatomia; Etiologia: dicionário etimológico da nomenclatura anatômica. São Paulo. Plêiade, 1999.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s