Minuto anatômico #14: Trapézio

Maria Tallitha da Silva

O músculo trapézio faz parte da musculatura extrínseca superficial do dorso, sendo responsável por recobrir a parte posterior do pescoço e do ombro, envolvendo-os como se fosse um “capuz de um monge”. O limite dorsal do trígono posterior do pescoço tem sua formação a partir da margem anterossuperior do trapézio.

Juntamente com outros músculos, o trapézio tem função de estabilizar a escápula, colaborando para a estabilidade do ombro. Possui três divisões bem definidas: descendente (superior), transversa (média) e ascendente (inferior). A parte descendente atua em movimentos de pescoço e escápula, enquanto as partes transversa e inferior são responsáveis exclusivamente pela movimentação da escápula.

BÔNUS:

Além disso, quando há lesão no par XI (N. acessório), em decorrência de procedimentos cirúrgicos, por exemplo biopsia de linfonodos, canulação da veia jugular interna, entre outros, o músculo trapézio é acometido de tal forma que resulta na sua paralisia.

A síndrome do ombro caído está diretamente relacionada com o acometimento do nervo acessório, e gera dentre vários sintomas a queda do ombro, a presença de escápula alada, a atrofia muscular do trapézio, a limitação da amplitude de movimento do ombro e diminuição da força muscular dele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s