Etimologia #118: Coroide, Coronário e Coronal

O termo coroide não é incomum para aqueles alunos já familiarizados com a anatomia do olho. Trata-se de uma membrana delgada e pigmentada que se localiza entre a esclera e a retina, e que a partir de sua rica vascularização, distribui oxigênio e nutrientes para a retina.

Coroide representa uma fusão de uma palavra latina (corona denota coroa ou roda) e outra grega (oidés significa “forma de”). Coronarius e coronalis, usados hoje para se referir a coronário e coronal, respectivamente; designam algo “relativo à coroa”. Mas e quanto a palavra “corioide”?! Na verdade, esta representa uma simples variação de coroide.

Referência:

Fernandes, Geraldo José Medeiros. Eponímia: glossário de termos epônimos em Anatomia; Etiologia: dicionário etimológico da nomenclatura anatômica. São Paulo. Plêiade, 1999

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s